Geraldo Rufino

Geraldo é dessas pessoas que falam e, mesmo que a conversa seja por telefone, o interlocutor consegue entrever o sorriso. Aos 59 anos, Geraldo Rufino é hoje empresário, dono da JR Diesel — empresa de reciclagem automotiva — e completa 50 anos de trabalho. No primeiro emprego, enegrecia o corpo ensacando carvão. O segundo foi um ensaio para o que faz hoje: catava no aterro sanitário e vendia latinhas no depósito.Aos 15, comprou o primeiro carro: um Fusca, que trocou por uma Kombi, para o irmão prestar serviços para uma transportadora. Dez anos depois, já tinha dois caminhões que usava para transportar adubo. Em 1985, o que poderia ser o fim do negócio virou uma oportunidade. Os caminhões se envolveram em acidentes e ficaram sem condições de uso. Sem seguro, Rufino teria de amargar o prejuízo. A saída foi desmontar os caminhões e revender as peças. Com a venda rápida, ele notou que havia um mercado e criou a JR Diesel.Como sabiamente diz, de lá para cá, só mudou o tamanho da lata.

Geraldo é autor dos livros O Catador de Sonhos e O Poder da Positividade. Hoje, além de empresário e escritor, é palestrante sobre como empreender e criar as próprias oportunidades.